Menu Busca
Cursos

WIDA

Apresentação

Saiba Mais

Grandes players do setor de consultoria e pesquisa para gestão e inovação são unânimes em afirmar que o modelo produtivo baseado na Web e o processo de tomada de decisão baseado em dados são tendências irreversíveis. Com isso, modelos de negócios consagrados e competências e habilidades tradicionais estão vulneráveis a sofrer disrupções severas.

Longe de ser uma ameaça, esse cenário é uma oportunidade para os que estiverem preparados. A maior barreira para a sobrevivência nesse contexto não é tecnológica, como pode parecer à primeira vista. Pesquisas recentes indicam que a maioria das empresas ainda não compreende o verdadeiro impacto dos ambientes digitais na sociedade, nem sabe como criar modelos de negócio que transformem grande volume de dados em melhores decisões e resultados.

O WIDA foi desenvolvido para preparar profissionais para conceber, implantar e gerenciar projetos para utilização inteligente da estrutura (rede) e dos dados gerados em ambiente digital (big data).

Diferencial

A visão de ambiente digital do curso WIDA é única: consideramos o ecossistema big data como sendo toda estrutura, tecnologias, metodologias, processos, competências e acordos sociais que dirigem e/ou restringem a atuação nesse ambiente. Isso permite um posicionamento estratégico e uma gestão sistêmica do ecossistema, aumentando as chances de sucesso de um projeto em Big Data.

O curso está alinhado com a vanguarda do pensamento internacional que estuda, analisa e cria oportunidades no mundo empoderado pela Internet. Os encontros apresentam fundamentação teórica, atividades práticas, panorama atual e tendências constantemente capturadas pelos pesquisadores do Crie.

Veja aqui o professor Marcos Cavalcanti falando sobre o mundo digital e sobre o curso.

Público-alvo

Saiba Mais

O WIDA foi desenhado preparar pessoas para atuarem em projetos de big data de modo estratégico e sistêmico. Desse modo o curso interessa aos profissionais com os seguintes perfis:

EXECUTIVO / ANALISTA DE NEGÓCIOS: profissionais que atuam na área de negócios. O curso lhe ajudará a compreender os impactos do ambiente digital na sua área de atuação, a se posicionar diante das ameaças de disrupções, a usar dados digitais para melhorar a performance da sua empresa, além de lhe oferecer segurança para se comunicar melhor com especialistas em TI.

QUANTITATIVO: profissionais que atuam em projetos com foco quantitativo como engenharia ou estatística. O curso lhe ajudará a entender como a gestão do Ecossistema Big Data pode melhorar os outputs do seu trabalho, além de lhe oferecer segurança para se comunicar melhor com especialistas em TI.

TECNOLÓGICO (T.I.):  profissionais responsáveis por tecnologias da informação. O curso lhe mostrará como o ambiente digital está modificando os negócios, como usar as T.I. para empoderar o tomador de decisão, além de lhe preparar para atuar como analista de negócios ou se comunicar melhor com profissionais da área.

PROFISSIONAL LIBERAL: profissionais que atuam de modo autônomo ou semiautônomo nas áreas de medicina, educação, direito, jornalismo, etc. O curso lhe mostrará como dados digitais podem lhe ajudar a desempenhar melhor sua profissão e você desenvolverá as competências para fazer a gestão do Ecossistema Big Data no seu domínio de atuação.


Pré-requisito

Saiba Mais

Nível superior completo e inglês para leitura. 
Não é exigido nenhum background em estatística, matemática ou tecnologia da informação.


Coordenação

Saiba Mais
Foto de Marcos Cavalcanti
Marcos Cavalcanti

Fundou o Crie em 1988. É doutor em Informática pela Université de Paris XI, professor da COPPE/UFRJ (Programa de Engenharia de Produção) e coordena os cursos de pós-graduação MBKM (Master on Business and Knowledge Management) e WIDA (Web Intelligence & Digital Ambience)

É Membro do Board do New Club of Paris, editor da Revista Inteligência Empresarial e coautor dos livros O Conhecimento em Rede e Gestão de Empresas na Sociedade do Conhecimento e Gestão Eletrônica de documentos e Que ferramenta devo usar
email: marcos@crie.ufrj.br

Informações

Saiba Mais
  • Dias das Aulas

    Aulas aos sábados
    (3 sábados por mês)
    Horário: 8:30 às 17:30

  • Duração
    360 horas

  • Local do Curso

    Centro da Cidade, RJ.



  • Certificado

    O curso é reconhecido pelo MEC e fornece um certificado oficial da UFRJ.

  • Material Didático

    Material será fornecido quando necessário.

  • Outras informações?

    wida@crie.ufrj.br 
    UFRJ – Centro de Tecnologia 
    Bloco i-2002 / Sala 014c 
    Ilha do Fundão 
    Cidade Universitária

Programa do curso

Saiba Mais

Baixe o pdf.

O programa do curso contempla todos os agentes e processos do Ecossistema Big Data. A visão de ecossistema do MBA WIDA é única, permitindo um posicionamento estratégico e uma gestão sistêmica do ambiente digital, aumentando as chances de sucesso do seu projeto. O curso está alinhado com a vanguarda do pensamento internacional que estuda, analisa e cria oportunidades no mundo empoderado pela Internet. Os encontros apresentam fundamentação teórica, panorama atual e tendências constantemente atualizadas pelos pesquisadores do Crie.

A base do ecossistema é o mundo físico (não digital) onde são gerados dados sociais, transacionais e da chamada Internet das Coisas, e onde vigoram os acordos sociais que limitam e dirigem as tomadas de decisão baseadas em dados.

As disciplinas na base do ecossistema são:

Aula Inaugural
Compartilhamento de visão, valores e posicionamento. Apresentação da metodologia do curso, programa, avaliações e agenda. Apresentações pessoais.

Sociedade Digital
Compartilhamento da visão de que a digitalização e o uso intensivo da internet mudaram o mundo expondo a importância das redes complexas e a necessidade de novas tecnologias para visualizá-las e gerenciá-las.

Ciência das Redes
Apresentação do tema para um público multidisciplinar: a gênese da ciência e a estrutura, topologia e propriedades das redes (conceitos fundamentais para dataficação e modelagem digital de problemas complexos).

Governança Digital
Apresentação da filosofia e teoria do modelo de governança da espécie humana que está despontando em nossa sociedade com a intensificação do uso das mídias digitais.

Aspectos Legais
Confronto entre as novas práticas e a normas sociais vigentes. Análise crítica de como a Constituição, o Marco Civil da Internet e outras leis, normas e regulamentações podem promover ou restringir as inovações disruptivas. Em destaque: direitos autorais, patentes, privacidade, modelos de negócios, propriedade e uso de dados.

Todos os agentes do ecossistema gravitam em torno de um problema a ser resolvido que envolve as disciplinas:

Design thinking
Desenvolvimento das competências para definir um problema e de projetar para esse problema, utilizando técnicas e ferramentas de design.

Projeto
Apresentação de ferramentas de modelagem de negócio, formação de grupos e lançamento dos projetos da turma. Todo aluno deverá optar por participar de algum projeto do Crie/Coppe/UFRJ ou iniciar um novo projeto.

A interface que transforma grandezas físicas em grandezas digitais envolve as disciplinas:

Dataficação e digitalização
Desenvolvimento de competências para: identificar os dados relevantes para o problema; definir processos para aquisição de dados com conteúdo, estrutura e granularidade adequadas.

Gestão da mudança radical
Apresentação de metodologia para uma nova governança da espécie (humana), baseada em plataformas digitais colaborativas.

No topo do Ecossistema estão as tecnologias de Governança de Dados e Analítica Digital, com as seguintes disciplinas:

Governança de dados
Desenvolvimento de competências para definir parâmetros para aquisição dos serviços de armazenagem, segurança, indexação, cópia, codificação, anonimização, compartilhamento entre outros.

Open data
Definição, caracterização e operacionalização da cultura Open Data. Apresentação da cultura Open Data como viabilizadora de alguns modelos de negócio inviáveis em ambientes restritivos e das principais demandas da sociedade (transparência, sustentabilidade, equidade, acessibilidade e gestão de problemas complexos).

Algoritmos e suas funções
Apresentação das noções básica sobre algoritmos, responsáveis pela transformação de dados digitais em informações para a tomada de decisão.

Big data – Estudo de casos
Apresentação de casos de projetos em big data que se destacam pelo ineditismo, inovação, geração de valor ou mesmo pelo seu insucesso (experiências reais, que destaquem algo relevante na gestão estratégica do Ecossistema big data).

A interface que transforma dados digitais em comunicação e tomada de decisão, envolve as disciplinas:

Visualização de dados
Apresentação da visualização como ferramenta de comunicação da analítica. Desenvolvimento das competências para escolher a visualização adequada. Desenvolvimento da habilidade para usar uma ferramenta digital e interativa de visualização de dados.

Cognição, racionalidade e tomada de decisão
Desenvolvimento da competência para decisões data driven. Apresentação das dimensões cognitivas que envolvem um processo de tomada de decisão e suas relações com a Inteligência Artificial. Estabelecimento dos limites das capacidades de decisão humana e de um computador.

Três disciplinas do programa são transversais a todo Ecossistema Big data:

Ecossistema big data
Apresentação dos agentes big data de modo integrado, como um ecossistema. Apresentação da Metodologia Crie para projetos em big data. Desenvolvimento da habilidade de usar o Ecossistema Big Data como ferramenta de diagnóstico, comunicação e gestão estratégica de ambientes digitais.

Modelagem de negócios
Desconstrução da lógica tradicional de modelagem de negócio. Apresentação de ferramentas de modelagem que atendem melhor ao paradigma digital onde a visão de rede, a colaboração, o compartilhamento e o conhecimento dão a tônica da geração de valor.

Grau de prontidão para big data
Apresentação de metodologias e ferramentas desenvolvidas e utilizadas pelo Crie para prospecção de oportunidades para projetos em big data em qualquer setor ou atividade econômica.

Projeto

A alma do negócio
Reflexão sobre filosofia e ética da comunicação. O papel do ser humano na condução de projetos em ambientes digitais. As questões de privacidade, anonimato, impacto das decisões, ganhos exponenciais e potenciais erros.

Orientação para projeto
Acompanhamento do desenvolvimento dos projetos em etapas programadas pelo orientador. A orientação é feita em encontros presenciais e através da plataforma Trello.

Qualificação de projetos
Apresentação do projeto, em versão bem próxima da final, para uma banca composta pelos coordenadores do curso e o orientador do projeto. A presença de um especialista escolhido pelo grupo é facultativa.

Defesa de projetos
Apresentação do projeto para a banca julgadora formada pela banca de qualificação e mais um membro externo, especialista na área de atuação do projeto.

Próximas Turmas

Saiba Mais

Início das aulas: Agosto/2017

Inscrições

Saiba Mais

Formulário: https://form.jotformz.com/60065338332652
email: wida@crie.ufrj.br ou tel: (21) 3942-7843
UFRJ – Centro de Tecnologia (CT) - Bloco I -2000 / Sala 014c Ilha do Fundão - Cidade Universitária - Rio de Janeiro

Este curso faz parte das seguintes áreas de pesquisa: